Colmeia dos Livros

Resenha | Jogos Vorazes, de Suzanne Collins

segunda-feira, setembro 09, 2013 Conrado Dittrich 0 Comentários

Demorou um pouquinho para que eu começasse a escrever a resenha do novo sucesso do momento: Jogos Vorazes. Mas, depois dessa demora, aqui está uma resenha muito especial que escrevi:

Título original: Hunger Games
Autor: Suzanne Collins
Número de Páginas: 397
Editora: Rocco
Tradução: Alexandre D'Elia

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade.


É nesse enredo que somos apresentados à uma das personagens mais bem idealizadas que eu já "li". Katniss Everdeen é uma verdadeira heroína, mas sem poderes especiais ou inteligência fora do comum. Ela é apenas uma garota com o ideal de sobreviver ao que a Capital impõe sobre a sociedade. Seu instinto de sobrevivência a fez amadurecer mais cedo e, por isso, é esperta e determinada. Sua história comove todos que a conhecem.

Além de sua personagem principal, a autora também soube criar e descrever uma Capital extremamente complexa e incrívelmente detalhada. As pessoas de lá têm personalidades totalmente diferentes do que conhecemos, mas humanidade ainda está presente nelas. Suas características, ainda que severas e duras, mostram que o ser humano pode se tranformar naquilo, quando possui poder. 

A batalha na Arena... Como descrever esse acontecimento? Bem, os 24 jovens (2 de cada distrito escolhidos na Colheita) são mandados para uma arena onde devem lutar até a morte. O que sobreviver, ganha os chamados Jogos Vorazes, é claro. Por isso, muitos são prestitigados pela riqueza de seus distritos e treinam durante toda a vida para que cresçam e ganhem a competição - se tornando celebridades e recebendo grande prestígio. Estes são o maior desafio nos Jogos. Eles se unem em grupo e saem dizimando qualquer tributo que conseguem achar. Katniss, então, vê na fuga e destreza a sua principal arma de sobrevivência.

Tons dramáticos e de incrível suspense são tranpassados para as páginas. TUDO que Katniss sente, pensa e decide é de conhecimento do leitor e deixa a leitura ainda mais gostosa e, ao mesmo tempo, angustiante. Collins sabe como prender o leitor e faz de seu livro algo genial.

É interessante ver as inúmeras referências de mitologias e lendas que a autora pegou para criar este mundo. Foi quase impossível não se familiarizar com algumas delas - eu logo me lembrei do mito grego de Teseu, da obra O Sobrevivente, de Stephen King, e do já conhecido longa japonês Battle Royale. Todas essas similiaridades se encaixam perfeitamente e, caso tenham sido mesmo meios de inspiração para que a autora escrevesse Jogos Vorazes, ver sua homenagem à essas obras sendo adicionadas à uma trilogia para jovens é genial.

Jogos Vorazes foi um dos livros que mais gostei de ler e já está na minha lista de preferidos. A leitura flui de maneira bem gratificante e Suzanne Collins sabe como mexer com nossos sentimentos e nervos. Não há romance chato, nem muitas cenas de ação. Na obra, vemos a habilidade humana de se opor à algo que não acha certo e o começo de uma revolução entre os que querem se unir à causa. Todos deveriam ler Jogos Vorazes. É um incrível aprendizado sobre a mente humana e até que ponto a sociedade pode chegar. 

Nota:

* Ainda não li, mas estou super ansioso para pegar a sequência, Em Chamas, e devorá-la.
** Em breve, trarei a CineResenha da adaptação do livro para os cinemas.

Book trailer legendado:

POSTS RELACIONADOS

0 comentários